Ana Passos na CCTQ: “A mulher tem de trabalhar sempre muito mais para que o seu trabalho e mérito sejam valorizados”

Ana Passos foi a convidada da Confraria dos Cavalheiros da Tábua Quadrada (CCTQ) para falar sobre a participação da mulher na sociedade. Nas comemorações do 1º. de Maio, Dia do(a) Trabalhador(a), e dos dias da mulher ou da mãe, a antiga adjunta do Governo Civil de Faro, membro da Assembleia Municipal de Faro pelo PS e deputada na actual legislatura (em substituição de Jamila Madeira) da Assembleia da República, maravilhou os confrades e confreiras pela sua humildade enqaunto mulher trabalhadora e mãe, cujas funções são das mais importantes da sociedade, tantas vezes desvalorizadas pelo homem, ainda enquanto classe dominante, em todas as áreas.

Para aguçar o apetite quanto à visualização da nossa video-reportagem, deixamos umas das muitas afirmações da farense Ana Passos – formada em Genética na Universidade de Leicester e em Biologia Marinha na Universidade do Algarve – “A mulher tem de trabalhar sempre muito mais para que o seu trabalho e mérito sejam valorizados”.

 

Mais uma vez, vale a pena ver e ouvir a video-reportagem de Algarve Press, realizada por Vico Hughetto. Foi unânime a opinião da Confraraia dos Cavalheiros da Tábrua Quadrada: “Ana Passos é um exemplo de mulher e mãe trabalhadora, para quem as funções políticas não lhe sobem ao cérebro no sentido negativo, pelo contrário, a experiência de vida aproximam-na ainda mais das pessoas”.

Manuel Luís 

Mais palavras para quê? Além da video-reportagem, a nossa foto-galeria é igualmente demonstrativa do ambiente de concordância e próximidade de ideias que Ana Passos proporcionou na Confraria. Nota: Clique em cima de cada foto para ver em tamanhos maiores.

ML

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *